Buscar
  • Carlos Alberto Pires

Frete! O Grande Vilão

Atualizado: 6 de Jul de 2020




Com o período de pandemia, somado ao “novo normal”, as empresas, na sua grande maioria, tiveram que se reinventar, e criar novas formas de levar aos clientes, os seus produtos.


Uma dessas alternativas encontradas foi a de fazer as vendas pela internet, através de lojas virtuais próprias e/ou através de parcerias, sem dúvida, uma saída muita boa, e que vem de encontro com o que ocorrerá no futuro, ou seja, um grande aumento das vendas pela internet/aplicativos.


Porém, comecei a receber muitas reclamações, de um determinado serviço, que sofreu um aumento considerável, o frete. Após essas reclamações, comecei a pesquisar mais a fundo as vendas online, e comprovei que de fato, o valor do frete, sofreu um aumento grande, chegando a ser desproporcional em alguns momentos, em algumas pesquisas que fiz, o valor do frete ficou maior que o valor da compra, lamentável.


Alguns vão dizer que o valor de frete no Brasil, sempre foi algo discutível e alto, porém, neste momento de pandemia, ele chegou a um patamar jamais imaginado. Algumas empresas responderam que com o aumento da demanda, o frete passou a fica maior, vejam, a demanda aumentou e o preço também, quando deveria ser exatamente ao contrário, mesmo porque, estamos passando por um momento delicado para todos, e não estamos falando aqui em deixar de faturar, mas faturar o que é justo.


No nosso último post, comentamos sobre a pesquisa realizada pela empresa Zendesk, onde o atendimento ao cliente era o primeiro atributo, que fazia com que o cliente deixasse a sua empresa, e preço, era o segundo, sendo assim, se a sua empresa estiver abusando no preço do frete, com certeza vai perder muitos clientes assim que voltarmos ao “novo normal”, isso é, se já não começou a perder, e se tiver problemas com atendimento também, aí se complicou ainda mais.


Estamos vivendo um momento de parceria, de concessões, onde todos devem rever suas estratégias, principalmente ao que tange preço, e negociar com parceiros e fornecedores, com o intuito de ajustar um preço justo para o momento em que o mundo, e em especial o Brasil, vive, este não é o momento de ninguém querer bancar o “esperto” e explorar a fragilidade dos clientes, pois como já falamos anteriormente, o momento é de negociar para que todos ganhem menos, mas ganhem algo, caso contrário, logo se perderá tudo, inclusive os empregos, além do fechamento de várias empresas.


Como sua empresa está negociando o frete? O frete cobrado por sua empresa está de acordo com o momento? Você já se sentiu explorado, devido a cobrança de um valor de frete fora do normal? Cuide da sua empresa no todo, caso contrário, terá que fechar as portas em breve, pois o cliente de hoje e o de amanhã, não aceita mais e nem aceitará, ser explorado, mais cedo ou mais tarde, a resposta vai vir.

Um Grande Abraço a Todos!

Vamos em Frente!

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo