Buscar
  • Carlos Pires

Você Cliente x Você Profissional de Atendimento


Trabalhar com atendimento, não é algo fácil, sendo assim, não são todos que tem o perfil para assumir tamanha responsabilidade, é um trabalho que exige muito talento, e como costumo dizer, trabalhar com atendimento é uma arte.


Infelizmente, com o passar do tempo, o aumento do desemprego e por falta de critérios de várias empresas, muitas pessoas que não conseguiam se recolocar em seus cargos habituais, passaram a procurar vagas na área de atendimento, com isso, pessoas sem o perfil adequado foram contratadas para fazer os atendimentos, seja por telefone, pessoalmente, e-mail ou chat; isso causou um número grande de reclamações contra as empresas, aliás, problemas que se refletem até os dias de hoje.


Desta forma, vamos falar hoje de um exemplo, que ilustra muito bem um dos principais fatores que demonstram problemas nos serviços de atendimento, seja ele por qual canal for.


Sempre analisei os serviços de atendimento, avaliando todos os componentes, como cliente, profissional de atendimento e empresas, e sempre notei algo que ocorre com muitas pessoas que prestam este tipo de serviço.


Uma vez escrevi um post chamado “Somos todos clientes e somos todos atendentes”, pois isso é algo real, ou seja, nós que trabalhamos no atendimento, também somos clientes, sendo assim, também seremos atendidos por alguém.


É exatamente aí, que temos um agravante e que muitos não se atentam, ou seja, enquanto clientes, as pessoas reclamam do mau atendimento, das falhas e dão sugestões de como deveria ser, muitos inclusive, abrem reclamações em órgãos para ter seu caso resolvido, mas muitas dessas pessoas, enquanto atendentes cometem com seus clientes as mesmas falhas, ou às vezes até piores, mas não se julgam como julgam as pessoas que o atenderam em seu momento cliente.


Muitos problemas que ocorrem no atendimento, podem ser corrigidos apenas com uma boa reflexão e revisão das atitudes tomadas como clientes e como profissionais de atendimento, para isso, não existe a necessidade de treinamento, basta apenas olhar para dentro de si e fazer uma auto avaliação de como você tem atendido o seu cliente, se de fato, está fazendo o melhor atendimento para ele, e se aquilo que você reclama dos outros, não é exatamente aquilo que você está fazendo de errado.


Vamos exigir o melhor para nós, e vamos também, entregar o melhor para os nossos clientes. Você costuma fazer uma auto avaliação sobre seu atendimento, sobre sua vida e os caminhos seguidos? Você acredita que com uma auto avaliação nós conseguimos melhorar o dia a dia? Crie uma rotina para fazer sua auto avaliação, melhore o que está certo e mude o que estiver errado.


Um Grande Abraço a Todos!


Vamos em Frente!

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo